21102018Dom
AtualizaçãoQua, 18 Jun 2014

4.1 - 2ª REVELAÇÃO - AMOR

A) IDÉIAS BÁSICAS 
·  Trazendo em si a mais luminosa mensagem que o Céu já enviou à Terra, o Evangelho traz para a Humanidade os fundamentos da vivência legítima do Bem e do Amor ao próximo.
·  Pela Boa Nova de Jesus, Deus se revela aos homens como o Pai de bondade e misericórdia e o Amor torna‑se o roteiro essencial de exemplificação em nossas vidas.
·  Conscientes de que somente o amor constrói para a Eternidade, é para o Evangelho que devemos nos voltar se queremos ser realmente felizes.
·  Para entender o Evangelho com mais clareza é necessário retirar o espírito da letra, ou seja, a essência das palavras de Jesus, e para isto, a Doutrina Espírita, nos dias atuais, descortina para nós novos horizontes, facilitando a interpretação da mensagem cristã.
·  A Boa Nova de Jesus é um poema de luz, alegria e libertação, da qual devemos nos inteirar para praticar, em busca de nossa própria felicidade.
·  A segunda revelação de Deus aos Homens se fez através de Jesus, consubstanciada no Evangelho, e a sua característica essencial é o AMOR.
·  Enquanto com a primeira Revelação, Moisés implantava entre os homens as noções do Direito e da Justiça, Jesus, sem destruir a Lei até então conhecida, implantou a Boa Nova, resumindo todos os conceitos já formalizados pelo homem no “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”. 

B) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA A PREPARAÇÃO DO EVANGELIZADOR 
1. Bases Evangélicas ‑ Mateus: 5:44 a 48 ‑ 22:36 a 40. Marcos: 1:7 e 8 ‑ 2:17 ‑ 4:2 ‑ 4:33 ‑ 6:2 ‑ 8:34 e 35 ‑ 10:29 ‑ 12:32 e 33 ‑ 12:35 a 37 ‑ 15:39. Lucas: 4:17 a 21 ‑ 7:22 ‑ 9:11 ‑ 9:24 ‑ 10:23 e 24 ‑ 10:38 e 39 ‑ 11:8 a 10 ‑ 13:22 ‑ 20:13 e 14 ‑ 21:33 e 23:34 João: 1:9 a 14 ‑ 3:16 e 17 ‑ 4:13 e 14 ‑ 4:34 ‑ 5:24 ‑ 5:36 ‑ 5:46 e 47 ‑ 6:27 ‑ 6:32 a 35 ‑ 6:45 ‑ 6:51 ‑ 6:58 ‑ 7:16 e 17 ‑ 7:28 e 29 ‑ 8:12 a 16 ‑ 8:58 ‑ 9:5 ‑ 9:35 a 39 ‑ 10:7 ‑ 10:9 ‑ 10:11 ‑ 10:15 ‑ 15:50 ‑ 13:34 ‑ 14:6 ‑ 14:15 ‑ 14:23 e 24 ‑ 15:9 e 10 ‑ 15:13 ‑ 17:26. Atos: 4:11 e 12. Romanos: 1:4 a 6 ‑ 5:8 - 8:2 ‑ 8:39 ‑ 12:9 a 15 ‑ 13:8 a 10 ‑ 14:15. II Coríntios: 5:14 e 15 ‑ 8:9. Gálatas: 1:12 - 5:1 ‑ 5:14. Efésios: 3:17 ‑ 3:19 - 5:2. I Tessalonicenses: 5:9. I Pedro: 1:13.
2. Bases Doutrinárias ‑ O Livro dos Espíritos: 573, 624 a 627, 647, 879, 886, 887, 967, 969, 1018 e 1019 ‑ O Evangelho Segundo o Espiritismo: Cap. 1, itens 3 e 4 - Cap.4, item 22 ‑ Cap.8, item 10 ‑ Cap.11, itens 8 a 12 ‑ Cap.18, item 9 ‑ Cap.26, itens 6 e 7. ‑ A Gênese: Cap.1, itens 22, 23, 25.
3. Obras Subsidiárias ‑ A Luz do Espiritismo: Cap.28 ‑ Assim Vencerás: Caps.4, 9, 27 e 37 ‑ Astronautas do Além: Caps. 11 e 24 ‑ Bem Aventurados os Simples: Caps.2 e 11 ‑ Bênção de Paz: Cap.19 ‑ Caminho, Verdade e Vida: Caps. 115, 139, 152 e 157 ‑ Conduta Espírita: Caps.20 e 47 ‑ O Consolador: Pergs.242 ‑ Diálogo dos Vivos: Cap.3 ‑ Fonte Viva: Caps.29, 67, 91, 116, 150, 158, 159 e 180 ‑ Glossário Espírita: “Vizinho e Próximo”, “Discípulos do Cristo” ‑ Jesus no Lar: Caps.9 e 14 ‑ Justiça Divina: Caps.7 e 12 ‑ Leis Morais da Vida: Cps.55, 58, 60 ‑ Livro da Esperança: Caps.28, 50, 77, 78 - Luz Acima: 15, 38, 45, 50 ‑ Luz do Mundo: Caps. 1 e 4 ‑ Messe de Amor: “Sinal de Amor” e “Na Seara do Amor” ‑ Opinião Espírita: Caps.14, 26, 60 ‑ No Portal da Luz: Cap.6 ‑ Palavras de Emmanuel: Cap.4 ‑ Palavra de Vida Eterna: Caps. 16, 32, 121, 136 ‑ Pão Nosso: Cap.141 ‑ Paz e Renovação: Caps.16 e 33 ‑ Pensamento e Vida: Cap.30 ‑ Pérolas do Além: “Amor” e “Evangelho” ‑ Relicário de Luz: Cap.13 ‑ Religião dos Espíritos: Caps.1, 62, 71 ‑ Roteiro: Prefácio ‑ Sementeira Fraternidade: Caps. 17 e 40 ‑ Sementes da Vida Eterna: Caps.19 e 48 ‑ Somente Amor: Caps.2, 18, 24 ‑ Trovadores do Além: Caps.38, 49 e 58 ‑ Técnica de Viver: Caps.12 e 60. - A Vida Escreve: Cap.20 ‑ Vinha de Luz: Prefácio, 1, 5, 22, 47, 90. 

C) REFERÊNCIAS PRÁTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA AULA 
O sol nas manhãs frias ‑ A compreensão de uma ocorrência após a leitura de um relatório ‑ Um oásis e seus benefícios ‑ O amanhecer para viajores perdidos em uma noite escura ‑ As estrelas no céu, para os navegantes, após a tempestade - Um congresso bem sucedido e as dúvidas desfeitas ‑ Os faróis do carro na viagem noturna ‑ A bonança após a tempestade ‑ A iluminação pública ‑ O letreiro luminoso e a fácil localização ‑ A certeza de atingirmos o nosso destino ‑ Uma estrada bem sinalizada ‑ A bússola e o navegador ‑ O relógio de uma torre e a tranqüilidade da hora certa para todos ‑ O farol marítimo e a travessia dos navegantes em segurança ‑ A música na pauta, a orquestra e a melodia ‑ A água para os peixes ‑ As asas para as aves ‑ O guia e a tranqüilidade da expedição ‑ O mar acolhendo as águas dos rios ‑ O sol clareando o caminho de todos ‑ As aves na construção de seus ninhos ‑ O surgimento da planta após a germinação da semente. 

D) CONCLUSÃO EVANGÉLICO‑DOUTRINÁRIA 
·  A 2ª Revelação de Deus aos homens se fez através da mensagem do Evangelho de Jesus, cuja essência é o amor.
·  Começa com o Cristo a era definitiva da maioridade espiritual da Humanidade terrestre que recebe do Mestre, através de sua exemplificação divina, o código da fraternidade e do amor a todos os corações.
·  Combatendo pacificamente todas as violências do judaísmo, Jesus renova a Lei Antiga com a Doutrina do Esclarecimento, da tolerância e do perdão.
·  Deixando‑nos a lição bendita da Imortalidade da Alma, o Cristo nos ensina que a morte não existe e que todos somos parte de uma grande família com compromissos comuns.
·  Mais do que isso, deixou claro seu grande amor por todos nós, quando afirma ser nosso Pastor Divino e que, como tal, não permitirá que nenhuma ovelha se desgarre do seu rebanho.